22
set
09

Comédias ou Por Que é Melhor Rir com uma Produção Nacional?

The Hangover

The Hangover

Recentemente assisti a duas comédias no cinema com o intervalo de apenas uma semana. A primeira foi a película estadunidense “The Hangover” (lançada por aqui com o título incrivelmente ruim de “Se Beber, Não Case”, mas, afinal de contas, qual o problema com “A Ressaca”???). E o segundo foi “Os Normais 2”, continuação do filme de 2003. Independentemente da qualidade dos filmes (achei os dois bons), a comédia estrelada por Rui e Vani conseguiu me fazer rir bem mais do que “The Hangover”, e o motivo é bem simples: piadas inseridas num contexto cultural próprio do país são bem mais engraçadas.

Os Normais 2

Os Normais 2

Basta observarmos que muito do que passa nas comédias estrangeiras foge à nossa realidade. Citações a celebridades ou lugares dos quais nunca ouvimos falar, ou ainda referências a nuances da sociedade deles que nunca vivenciamos. Sem essa base, a piada se torna sem graça, o que acaba acontecendo em muitas das comédias norte-americanas recentes. Para que isso não ocorra é preciso fazer uma comédia universal, algo bem raro, principalmente hoje, onde o faturamento no mercado interno é mais bem visto que a renda do exterior.

Assim, talvez na busca do riso certo, o público brasileiro está passando a dar mais atenção às produções brasileiras desse gênero. Prova disso é o enorme sucesso que as comédias nacionais têm feito nos cinemas em 2009. “A Mulher Invisível”, “Se eu Fosse Você 2”, “Divã” e “Os Normais 2” possuem um grande percentual do público de cinema desse ano.

Os Aspones

Os Aspones

Em produções nacionais, são explorados aspectos que são próprios do Brasil, como a política, a desenvoltura do brasileiro, nossas celebridades e, claro, os bordões e palavrões. Afinal, convenhamos, é muito mais engraçado ouvir um “puta que o pariu” do que um “fuck”. Isso pode ser percebido claramente na excelente produção “Os Aspones” que, infelizmente, acabou cancelada na TV após apenas uma temporada. Onde mais poderíamos tirar sarro do nosso serviço público? Com certeza, não será por Hollywood.

Por isso que, quando quero rir, procuro um produto nacional. Já que são poucas as comédias universais, prefiro me garantir com algo que vai me dar exatamente o que preciso: uma boa gargalhada, nesse caso, de nós mesmos.

Anúncios

1 Response to “Comédias ou Por Que é Melhor Rir com uma Produção Nacional?”


  1. 1 Mari
    janeiro 19, 2010 às 2:53 am

    Esse povo que “traduz” os títulos de filmes brasileiros acaba com minha saúde! eles adoram um subtítulo e um advérbio. “Piaf”, auto explicativo, virou “Piaf – um hino ao amor” (q/) e “It’s Complicated” virou “Simplesmente Complicado”, pra que o simplesmente??????? ¬¬


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: