30
ago
07

Rapidinhas

star1.gifstar1.gifstar1.gifsummer20spring.jpg

star1.gifstar1.gifstar1.gifbridge.jpg

star1.gifstar1.gifstar1.gif01.jpg

Primavera, Verão, Outono, Inverno… e Primavera.

Primeiro filme de Kim Ki-Duk a ter uma grande distribuição internacional, esta obra utiliza as estações do ano como a metáfora do crescimento e amadurecimento de um jovem aprendiz do budismo que vive isolado com seu mestre em um templo flutuante no meio de um lago. É uma jornada realmente recompensadora, e que em momento algum se torna cansativa. Destaque para a bela e simples lição aprendida em ‘Primavera’ e para o visual impressionantemente bonito de ‘Inverno’.

A Ponte

Documentário, atualmente nos cinemas, sobre os suicídios na ponte Golden Gate em São Francisco, lugar mais escolhido no mundo inteiro para a prática desse ato. O diretor fez registros da ponte durante um ano e conseguiu capturar 10 suícidios e, a partir deles, entrou em contato com os parentes e amigos destas pessoas, tentando descobrir o que os levou a esse fim. Percebe-se que, na grande maioria dos casos, o ato não foi impensado, foi algo ponderado e planejado por muitos anos, e nem sempre lamentado, já que para alguns essa era a única opção de paz. Destaque para o último suicídio, que é marcante.

Sem Reservas

Entrei nesse filme totalmente obrigado e arrastado. Quem em sã consciência veria uma comédia româtica com Catherine Zeta-Jones e Aaron Eckhart? Mas acabei vendo que o filme era sobre muito mais que isso. Com uma boa carga dramática e personagens envolventes, o filme consegue te cativar, apesar de não evitar alguns clichês do gênero. Além disso, consegue reatratar bem a rotina de chef, quem conhece, vai se identificar com muito, e ao menos esboçar um sorriso com a aparição das raríssimas trufas negras. Destaque para Abigail Breslin (a pequena Miss Sunshine), que aqui reafirma seu talento e participa dos melhores momentos do filme.

Anúncios

3 Responses to “Rapidinhas”


  1. agosto 30, 2007 às 6:42 pm

    Preciso rever o do Kim Ki-Duk… nem lembro da lição da primavera. Mas o visual do inverno é realmente um dos pontos marcantes do filme.

  2. agosto 31, 2007 às 4:08 am

    parabéns pelo blog… bem digno…hihihi
    muah


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: