25
ago
07

A história sobre o pior fracasso de Homer.

star1.gifstar1.gifstar1.gifBigger, Longer and Uncut?

Semana passada, chegou ao fim uma espera pessoal pelo que considerava, ao início do ano, um dos três filmes mais aguardados de 2007. Pude comparecer a uma pré-estréia de “Os Simpsons – O Filme”, que entrou no circuito nacional
oficialmente na sexta-feira passada, e posso afirmar que valeu a espera.
Muitos dizem que apenas é um episódio mais longo da série como se isso fosse um defeito, mas isto é a maior de suas qualidades. Não esperava nada que fugisse deste caminho, até porque essa é a fórmula que faz sucesso há
quase 20 anos. Quem gosta dos Simpsons não vai se decepcionar, eu garanto, mas falar sobre a experiência do filme não é motivo principal deste texto.
Quero falar sobre algo que me incomoda há muito tempo: a inaptidão da maioria dos ‘jornalistas’ que escrevem sobre cinema nos grandes veículos de informação do país. Sinceramente, não sei o que acontece, se é falta de empenho, de interesse, ou de inteligência, mas todos acreditam no mesmo absurdo: que para se escrever uma crítica, você tem que contar tudo que acontece até os 10 minutos finais e, de quebra, descrever com detalhes as melhores cenas do filme, e “Os Simpsons” é apenas o último caso desta atrocidade. Quem quiser ver o filme e ter uma experiência completa, evite
ler a ‘Veja,’ ‘O Globo’ e ‘O Dia’, três veículos nos quais pus as mãos, felizmente após o filme, e todos os três contam bem mais do que deviam, em alguns casos, as melhores piadas do filme!!!! Sempre admirei a campanha de publicidade desta animação, já que eles nunca deixaram claro nada do enredo e, mesmo assim, nos deixaram com mais vontade de assistir. O criador da série definiu a sinopse do filme apenas como: “a história épica sobre o pior fracasso de Homer” e essa é a melhor definição que poderia haver. Mas os ‘críticos cinematográficos’ nacionais fizeram questão de estragar tudo pra poderem completar as quinhentas palavras que o chefinho exigiu para o texto da resenha poder preencher o espaço da revista.
Lembrando agora de inúmeros desprazeres que, principalmente, a ‘Veja’ já me proporcionou, e ainda sentindo a revolta que tive ao lê-la ontem à noite, posso concluir algo, o que falta não é empenho, interesse, ou inteligência, mas sim paixão pelo que se escreve e a vontade de deixar imaculada essa experiência que é o cinema.

PS: O JB, além de contar a história toda…. contou toda errada…

Anúncios

2 Responses to “A história sobre o pior fracasso de Homer.”


  1. outubro 5, 2007 às 12:06 am

    eu tenho licao sobre esse filme ..eu qro o resumo do filme ..algm pod me passar o sit do resumo ..n to axando no google vlw !! me add no msn luciano_xVenoMx@hotmail.com vlw galera

  2. 2 Mari
    janeiro 19, 2010 às 2:59 am

    “O JB, além de contar a história toda…. contou toda errada…”

    porque não basta ser um jornal loser…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: